Banner Guia de Serviços_728x90_pixels

FISCALIZAÇÃO Estado combate infrações e crimes ambientais na Serra dos Frios

Durante ação realizada no final de semana, órgãos identificaram problemas que comprometem a fauna e a flora da área

 

O avanço do desmatamento e das queimadas, provavelmente iniciadas por ocupações irregulares, foi o principal problema identificado pelas equipes do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Defesa Civil e Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes), no último final de semana, durante operação conjunta realizada na Serra dos Frios, localizada no município de União dos Palmares.

 

Segundo informações do gerente de Fauna, Flora e Unidades de Conservação do IMA, Epitácio Correia, “os problemas encontrados no local comprometem a rica biodiversidade existente na região”. Ele disse que, além de diversas irregularidades, foram localizadas duas áreas com focos de supressão de vegetação e queima. Juntas elas somam mais de 32 hectares de área destruída.

 

Em uma das áreas havia o barramento de uma nascente para irrigação de lavoura. Em outro local vistoriado o estado de degradação estava avançado, houve a identificação do infrator que recebeu um auto de infração com multa em cerca de R$ 30 mil.

 

Foi feito um termo de embargo da área, o que implica que todas as atividades devem ficar paralisadas até a reparação do dano ambiental. O infrator também foi notificado a apresentar o documento de posse da propriedade e o Cadastro Ambiental Rural (CAR) que possibilitará a identificação na propriedade das Áreas de Proteção Permanente, reserva legal e se as supressões foram realizadas antes de 2008.

 

“A ação foi motivada por recente incêndio registrado na área de vegetação nativa da Serra e pela grande quantidade de denúncias recebidas. Não temos a intenção de parar e outras operações serão realizadas, assim como o desenho de ações que resolvam o problema das ocupações irregulares”, comentou Epitácio Correia.

 

O município de União dos Palmares é um dos 10 que compõem umas das principais Unidades de Conservação existentes na zona da mata alagoana, a Área de Proteção Ambiental (APA) de Murici.

Agência Alagoas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *