Banner Guia de Serviços_728x90_pixels

Briga entre facções criminosas termina com dois baleados em Delmiro Gouveia

Três pessoas foram capturadas, entre elas está um adolescente de 17 anos que foi baleado. Crime foi ordenado por um chefe de uma quadrilha oriunda de Paulo Afonso com ramificações em Delmiro Gouveia.

 

Policiais que participaram da operação. Crédito: Ítallo Timóteo – Radar89

Uma briga entre facções criminosas deixou duas pessoas feridas na noite desta terça-feira, 18, por volta das 20h, no Povoado Morros, próximo ao Campus do Sertão (UFAL), em Delmiro Gouveia, sertão de Alagoas. As vítimas foram identificadas como ‘Matheus’, o outro trata-se de um adolescente de 17 anos.

 

Após o atentado a balas, duas pessoas foram presas, elas foram identificadas como Helenildo Oliveira da Silva o ‘Ninho’, 23 anos, morador da Madre Teresa de Calcutá no Bairro Prainha em Paulo Afonso-BA, e Taís Farias Lopes, 21 anos, moradora do Povoado Morros, zona rural de Delmiro Gouveia.

 

Uma fonte disse que Helenildo, ‘Bolinho’ e outro rapaz não identificado foram ordenados pelo chefe de uma quadrilha oriunda de Paulo Afonso – BA, com ramificações em Delmiro, para matar Matheus e o adolescente, já que os dois eram de Arapiraca e estavam praticando crimes na área que eles consideram deles, que seria a cidade de Delmiro Gouveia.

 

Helenildo e seus parceiros de posse de um revólver e uma bereta, foram até uma propriedade localizada na zona rural da cidade, em que Matheus e o menor estavam homiziados e efetuaram vários disparos contra a dupla. Na ocasião os tiros atingiram Matheus no braço e na região do tórax, já o adolescente foi baleado no braço e na perna.

 

‘Matheus’ foi socorrido por populares e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) da cidade, devido os ferimentos ele foi transferido para a Unidade do Estado Daniel Houly em Arapiraca. O estado de saúde dele é grave.

 

Já o adolescente foi encontrado horas depois, tentando se evadir em uma motocicleta, o mesmo foi detido e conduzido para a DEPOL.

 

Na Delegacia Taís que é companheira de ‘Matheus’ reconheceu Helenildo como um dos atiradores, inclusive Helenildo confessou ter praticado um dos disparos contra o companheiro dela.

 

O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, explicou que Taís foi autuada por Associação Criminosa, já que ela também é suspeita de participar de alguns crimes na cidade, já Helenildo foi autuado em flagrante por Tentativa de Homicídio e também por associação criminosa.

 

As armas utilizadas no crime teriam sido levadas por Bolinho e outro rapaz, buscas foram efetuadas, mas eles não foram localizados.

 

A ação foi mais um trabalho integrado (24ª-AISP) das Polícias Civil e Militar e contou com a participação do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES), Rádio Patrulha (RP), Policiais Civis e o Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Olho D’água do Casado.

radar89

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *