Sargento PM atira contra médico que escapa da morte ao atender paciente pelo telefone dentro de carro

O caso foi encaminhado para Central de Flagrantes. Policia ainda não deu detalhes do crime. Vítima fala em crime “encomendado”

Trindade/Redação 24 Hopras News | 16/05/2017 16:30:10

Foto: Chico Ferreira, do Jornal A Gazeta. Dr. Ruy aponta para o local onde a bala entrou em seu carro

ABSURDO – Um médico, que também é advogado, Ruy de Souza Gonçalves, de 52 anos, lotado na Secretaria de Saúde da Prefeitura de Cuiabá sofreu um atentado à bala, mas não foi atingido devido os projéteis terem atingido apenas a coluna da lateral esquerda carro dele, um veículo modelo Mitsubishi Pajero.  A vítima fala em crime “encomendado”.

O autor dos disparos, um sargento da Polícia Militar (PM) – nome ainda não divulgado -, após uma suposta discussão no trânsito em Cuiabá no início da tarde desta terça-feira 16 na Avenida Archimedes Pereira Lima (antiga Estada do Moinho), as proximidades do acesso ao bairro Boa Esperança, em Cuiabá.

A tentativa de homicídio aconteceu durante uma discussão entre o médico e o acusado por uma suposta infração de trânsito. O médico estaria fazendo o uso de telefone celular ao volante, quando foi advertido pelo sargento.

Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, o médico dirigia seu veículo para atender um paciente em estado grave, e no trajeto  passava instruções pelo celular a um familiar da vítima que realizava os primeiros socorros.

No percurso, segundo ainda informações da Polícia, um sargento da PM discutiu com o médico no trânsito por causa do uso do telefone celular ao volante, sacou a arma e atirou contra o médico, que foi atingido por um dos tiros dentro do carro.

Segundo as primeiras informações da Polícia, o paciente que estava recendo ajuda do médico pelo telefone celular acabou morrendo enquanto aguardava o atendimento médico.

Segundo ainda a Polícia, o que mais chamou a atenção, foi o fato do sargento ter descido de uma moto e começado a atirar contra o médico que estava dentro do carro.

A ocorrência foi encaminhada para a Central de Flagrantes do bairro Planalto em Cuiabá. A Polícia ainda não deu maiores detalhes sobre o local onde aconteceu a tentativa de assassinato e sobre o que realmente teria acontecido antes e depois do caso.

O dr. Ruy Gonçalves está afirmando que o crime teria sido uma “encomenda”, mas não deu detalhes de quem seria o mandante. “Não morri por milagre ou sorte, muita sorte, pois o cara veio para me matar, tanto é que ele desceu da moto e começou a atirar”, afirmou.

ATUALIZADA – O sargento da PM foi flagrado por uma guarnião do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) quando disparava os tiros contra o carro do médico. O militar autor dos tiros foi preso em flagrante. O médico Ruy Gonçalves está sendo ouvido neste momento pelo delegado plantonista na Central de Flagrantes.

24horasnews

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *