Home Geral Brasil Goleiro Bruno perde benefício após ser visto em bar com mulheres

Goleiro Bruno perde benefício após ser visto em bar com mulheres

Goleiro Bruno perde benefício após ser visto em bar com mulheres
0
0

A Justiça determinou que ele volte ao presídio de Varginha (MG)

goleiro Bruno Fernandes teve suspenso o direito de trabalho externo e terá de voltar ao presídio de Varginha (MG).

A decisão foi tomada pela 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais de Varginha e confirmada pela Secretaria de Adminsitração Prisional (Seap) de Minas Gerais nesta sexta-feira (19), após uma reportagem da TV Alterosa, afiliada do SBT, flagrar Bruno dentro de um bar na associação da cidade. O goleiro estava acompanhado de duas mulheres e com uma lata de cerveja sobre a mesa. As imagens, no entanto, não mostram o detento ingerindo cerveja.

Desde abril de 2017, o ex-atleta do Flamengo está preso em Varginha e executava trabalho externo na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac). Ele trabalhava numa obra de construção da associação, mas também podia realizar serviços fora da instituição.

De acordo com o G1, a defesa de Bruno está segura de que ele não cometeu irregularidades.

“Estamos tranquilos com o que vem pela frente, porque nós temos certeza absoluta de que ele não ingeriu bebidas alcoólicas e que aquelas mulheres que ficam lá como mulheres não são garotas de programa, não tem nada a ver com isso. O Bruno não tem celular. Existe um celular lá que é um celular coletivo, que é autorizado pelo método Apac, ligar para a família, duas vezes por semana por 10 minutos, para cada preso”, disse ao G1 o advogado Fábio Gama.

Agora, Bruno deve ficar em regime fechado até que um processo seja instaurado para investigar o caso.

Bruno Fernandes foi preso em 2010 e depois condenado pelo homicídio triplamente qualificado da ex-amante Eliza Samúdio, além de sequestro e cárcere privado do filho Bruninho.

noticia ao minuto

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *