Cria
Home Geral Brasil Olavo de Carvalho xinga repórter e nega que tenha pedido dinheiro: “Estou precisando é de advogados”

Olavo de Carvalho xinga repórter e nega que tenha pedido dinheiro: “Estou precisando é de advogados”

Olavo de Carvalho xinga repórter e nega que tenha pedido dinheiro: “Estou precisando é de advogados”
0
0

Oautointitulado filósofo, Olavo de Carvalho, voltou a fazer ataques em vídeo publicado no seu canal no YouTube, na noite deste domingo (7). Depois de se revoltar com o presidente Jair Bolsonaro, o escritor xingou o repórter do Estadão que publicou uma matéria que falava sobre uma “vaquinha” proposta pelo empresário Luciano Hang, para ajudar Olavo.

Segundo o guru bolsonarista, a sua condição financeira “não é ruim”, portanto, não pediu “dinheiro”, mas sim “advogados”.

“Pedindo dinheiro o seu c*, seu repórter de bosta. Não pedi dinheiro para ninguém, pedi advogados. E nem discuti a questão do pagamento do advogado, posso pagar um que não vai me cobrar uma fortuna […] Não estou precisando de dinheiro, estou precisando de advogados”, disparou Olavo, que diz que “há 30 anos” implora para que alguém queira pegar alguns dos “milhares” de casos de notícias falsas contra ele.

“Eu imploro há 30 anos para que apareça um advogado que pegue esses casos. Foram milhars e milhares que eu recebi. Fizeram uma pesquisa só na grande São Paulo, saíram 1300 matérias caluniosas contra mim. Como posso responder a 1300 matérias, porra?”, vociferou.

O filósofo autoproclamado diz ser vítima de uma “milícia organizada” que há mais de dez anos o ataca com fake news na internet. “E você, que escreveu essa bosta no Estadão, faz parte dessa milícia, seu criminoso de bosta”, acusou o escritor, que relata que a estratégia destes grupos é “vencer pelo volume”, já que o grande número de matérias veiculadas a seu respeito tornaria impossível o direito de resposta.

Sobrou ainda para o ex-apoiador do presidente Jair Bolsonaro e um dos artistas antipetistas mais ferrenhos, o cantor Lobão, que foi chamado de “Lobostão” por Olavo, que admitiu já ter convivido com o artista.

O escritor, contudo, ressaltou que “nunca foi generoso a ponto” de ouvir as músicas de Lobão e citou polêmicas da vida do rockeiro: “Agora tá me chamando de psicopata. Fui eu que fui viciado em droga? Que tocava punheta dentro do crucifixo? É eu, é?”.

BNEWS

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *