Home Geral Brasil Renan ironiza Flávio Bolsonaro: finalmente aderiu à ciência (vídeo)

Renan ironiza Flávio Bolsonaro: finalmente aderiu à ciência (vídeo)

Renan ironiza Flávio Bolsonaro: finalmente aderiu à ciência (vídeo)
0
0

Durante entrevista coletiva, o relator da CPI da Pandemia reagiu à fala de Flávio Bolsonaro de que as reuniões da comissão vão provocar aglomerações. “É muito bom que ele esteja aderindo à ciência às necessidades dos brasileiros”, disse Renan

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Pandemia, reagiu com ironia à declaração do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) de que a CPI irá provocar aglomerações e resultar até em mortes de parlamentares.

“É muito importante comemorar a declaração do senador Flávio Bolsonaro. Afinal, é a primeira vez que ele se preocupa com aglomeração. É muito bom que ele esteja aderindo à ciência às necessidades dos brasileiros”, disse o senador.

No discurso de posse como relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros afirmou que “vivemos o momento mais trágico da nação brasileira” e que o colegiado irá atuar “contra a agenda da morte e da mentira”. Disse ainda que “nossa cruzada será contra a agenda da morte e o negacionismo” e que “os inimigos dessa relatoria são a pandemia e os que se aliaram ao vírus e colaboraram com este morticínio”.

O relator da CPI anunciou que os culpados serão responsabilizados: “Há responsáveis, há culpados, por ação, omissão, desídia ou incompetência e eles serão responsabilizados. Essa será a resposta para nos reconectarmos com o planeta. Os crimes contra humanidade não prescrevem jamais e são transnacionais”.

O senador defendeu a democracia e enviou um recado às Forças Armadas: “militares nos quartéis, médicos na saúde”. O emedebista também fez um contraponto às declarações de Jair Bolsonaro de que pretende indicar alguém “terrivelmente evangélico” para uma vaga no Supremo Tribunal Federal, ao afirmar que o Brasil possui uma “Constituição terrivelmente democrática”.

Flávio Bolsonaro teme aglomerações e ataca mulheres 

O senador Flávio Bolsonaro defendeu durante a sessão inaugural da CPI que há um risco de os senadores se contaminarem pela Covid-19 por conta do fórum ser presencial. No entanto, a preocupação do senador não condiz com suas ações. Recentemente, ele foi destaque na mídia ao viajar para o Ceará, em plena pandemia, para fazer turismo. No resort luxuoso, ele deslocou o braço e precisou colocar uma tipoia, vestida por ele na reunião da CPI.

Ele também proferiu declaração machista contra as mulheres, durante participação na CPI da Covid, que está sendo instaurada nesta terça-feira (27) pelo Senado.

“Em primeiro lugar eu acho que as mulheres já foram mais respeitadas. Estão fora da CPI e não fazem nem questão de estar nela. Se conformam em acompanhar os trabalhos à distância”, afirmou o parlamentar.

Brasil247

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *