Cria
Home Geral Brasil PF indicia Renan Calheiros por corrupção passiva e lavagem de dinheiro; senador vê retaliação de Bolsonaro

PF indicia Renan Calheiros por corrupção passiva e lavagem de dinheiro; senador vê retaliação de Bolsonaro

PF indicia Renan Calheiros por corrupção passiva e lavagem de dinheiro; senador vê retaliação de Bolsonaro
0
0

Renan Calheiros é relator da CPI da Covid e tem sido uma das principais vozes críticas à condução da pandemia pelo governo Jair Bolsonaro

 

A Polícia Federal indiciou nesta sexta-feira (2) o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro sob acusação do recebimento de R$ 1 milhão da Odebrecht em propina em troca de apoio a um projeto do interesse da empreiteira no Senado, quando ele ainda era presidente da Casa, em 2012.

 

Renan Calheiros tem sido um dos principais críticos a Jair Bolsonaro na CPI e, por consequência, tornou-se também um dos principais alvos dos bolsonaristas. A defesa do senador afirma que o indiciamento é uma retaliação pela atuação do parlamentar na comissão: “jamais foi encontrado qualquer indício de ilicitude” sobre Calheiros, dizem os advogados.

A PF aponta a existência de “indícios suficientes de autoria e materialidade” contra Calheiros, envolvendo a aprovação de um projeto de resolução sobre alíquota de ICMS no Senado Federal. O relatório foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) e, agora, deve ser encaminhado à Procuradoria-Geral da República (PGR), que tomará uma decisão sobre a apresentação de denúncia contra o parlamentar.

Brasil247

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *