Cria
Home Geral Brasil Haitiano é agredido por seguranças de frigorífico onde trabalha em SC

Haitiano é agredido por seguranças de frigorífico onde trabalha em SC

Haitiano é agredido por seguranças de frigorífico onde trabalha em SC
0
0

Caso envolvendo imigrante ocorreu em Chapecó, após uma discussão da vítima com seu supervisor. BRF afirma que todos os envolvidos foram afastados de suas atividades

 

Djimy Coesmeus, um imigrante haitiano de 28 anos, aparece num vídeo, datado do último dia 08, no qual é imobilizado, sufocado e agredido por três homens trajando uniformes de vigilante. Ele trabalha na unidade do frigorífico BRF de Chapecó, em Santa Catarina.

Nas imagens é possível perceber que Coesmeus grita alto, o que atrai a atenção de colegas de trabalho, que saem em socorro ao haitiano.

O caso teria começado após uma discussão entre o imigrante e seu supervisor, que o acusava de ter faltado ao trabalho numa determinada data, o que era refutado pelo funcionário estrangeiro. Coesmeus conta que, por ter muita dificuldade para falar português, não estava conseguindo argumentar com o chefe e logo a conversa tornou-se uma discussão.

Com os ânimos exaltados, os três seguranças foram ao pátio da unidade, jogaram Coesmeus no chão e passaram a tentar imobilizá-lo. Um deles colocou os joelhos sobre as costas das vítimas, sufocando-a, numa imagem que lembra muito as agressões que culminaram com a morte de João Alberto Silveira Freitas, no supermercado Carrefour de Porto Alegre (RS).

Cerca de um minuto após o início do vídeo que mostra as agressões, Coesmeus é solto pelos vigilantes e sai andando, acompanhado por colegas de trabalho.

A direção do frigorífico BRF emitiu uma nota na qual afirma que os vigilantes envolvidos nas agressões são funcionários terceirizado e que já foram substituídos. O texto informa ainda que o haitiano e seu supervisor, que deram início à discussão que terminou na agressão do subordinado, foram afastados preventivamente, sem suspensão de seus salários, até que uma investigação determine o que de fato aconteceu no episódio.

Veja o vídeo:

Revistaforum

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *