Cria
Home Destaque Programa Ame-se realiza nova cirurgia de reconstrução mamária

Programa Ame-se realiza nova cirurgia de reconstrução mamária

Programa Ame-se realiza nova cirurgia de reconstrução mamária
0
0

Oito anos após ter retirado uma mama, depois de ter descoberto um câncer, dona Ivanilda de Freitas, 57 anos, finalmente conseguiu fazer a reconstrução mamária, por meio do Programa Ame-se, criado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). A cirurgia aconteceu nessa segunda-feira (26), no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares.

“Foi uma mistura de ansiedade, alegria e felicidade! Foi mais uma grande vitória para mim e, a partir de agora, vou me sentir completa novamente!”. As palavras de Dona Ivanilda mostram o sentimento da trabalhadora autônoma, que sonhou, por vários anos, com a reconstituição da mama.

“A partir de agora vou viver um novo momento na minha vida, vai ser um alívio não precisar ter que colocar uma mama falsa para poder sair de casa. Não vejo a hora disso acontecer. E a primeira coisa que quero fazer, depois de estar liberada pelos médicos, é viajar para encontrar minhas irmãs em São Paulo e mostrar o resultado da cirurgia para elas”, contou dona Ivanilda.

Até essa segunda-feira (26) o Programa Ame-se realizou seis procedimentos cirúrgicos e 50 mulheres estão na fila de esperar pela cirurgia. Dessas, 11 já estão aptas para serem submetidas à reconstrução da mama, segundo informou a coordenadora do programa, mastologista Francisca Beltrão.

“Com o retorno das cirurgias do Ame-se, depois da diminuição das internações por Covid-19, vamos realizar quatro cirurgias por mês, em mulheres mastectomizadas. As outras mulheres que foram atendidas pelo programa, mas, ainda não estão aptas para a cirurgia, aguardam exames médicos ou estão se enquadrando nos critérios para a realização do procedimento”, explicou a coordenadora.

Para as mulheres serem incluídas no Ame-se é necessário ter mais de 18 anos, estar em boas condições clínicas, sem comorbidades ou com elas controladas. É importante, também, que o Índice de Massa Corpórea (IMC) esteja abaixo de 27, que tenha autorização do oncologista e já tenha passado pelo tratamento quimioterápico ou radioterápico, há pelo menos seis meses.
Recuperação em andamento – Elielma dos Santos, 32 anos, que realizou a reconstituição mamária no último dia 19 de julho, está se recuperando bem. O procedimento cirúrgico também foi realizado no Hospital Regional da Mata (HRM).

“Estou muito feliz com o resultado da cirurgia. A recuperação está indo muito bem, as mamas ainda estão inchadas, mas, para mim estão perfeitas. Quando o médico retirou o primeiro curativo, eu só fazia chorar de tanta felicidade. Agora, eu só posso agradecer a toda a equipe do Ame-se, por ter me proporcionado esse novo momento”, disse Elielma dos Santos.

Sesau Al

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *