Cria
Home Destaque Pastor reage à desculpa de colega por fala racista: “Você é uma puta e o teu pastor deve ser um viado”; veja vídeo

Pastor reage à desculpa de colega por fala racista: “Você é uma puta e o teu pastor deve ser um viado”; veja vídeo

Pastor reage à desculpa de colega por fala racista: “Você é uma puta e o teu pastor deve ser um viado”; veja vídeo
0
0

Tupirani da Hora Lores ofende a pastora Karla Cordeiro com vários palavrões; ao final, ele ainda afirma: “a igreja de Jesus Cristo não levanta a placa de filho da puta de negro nenhum”

O pastor da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo, no Rio de Janeiro, Tupirani da Hora Lores, o mesmo que foi condenado em 2012 por pregar contra os judeus, fez um virulento ataque cheio de palavrões durante pregação à pastora Karla Cordeiro, da Arena Jovem (Nova Friburgo/RJ), que reúne a juventude da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra.

A fala de Tupirani ocorreu após Karla se desculpar por ataques contra o movimento negro e LGBTQIA+. Se dirigindo à ela, o pastor bradou: “minha querida, não suba mais nesse palanque de prostitutas para tentar pregar, você não foi chamada pra isso. Eu fui chamado”. Tupirani disse ainda que “se vocês pedem desculpas do que falam dentro da igreja pra um babaca de um delegado, um babaca mundano, espírita, vagabundo, seja de qualquer outra religião, vocês são loucos. Sabe o que é, Karla Cordeiro? Você é uma puta. Você é uma prostituta, o teu pastor deve ser um viado, a tua igreja toda é uma igreja de prostitutas”.

O pastor prossegue em tom cada vez mais violento: “vocês não são evangélicos. Malditos sejam vocês que a garganta de vocês apodreça por terem ousado tocar no nome de Jesus. Raça de putas e piranhas, é isso que vocês são. Manda o delegado vir aqui pedir a minha retratação. Ele não é homem pra isso. Eu sou vencedor do sistema, ninguém me detém. Eu falo, mando pra puta que pariu e continuo mandando. Manda de novo a Federal dentro da minha casa e vai ver se eu cresço ou diminuo, porra”, desafiou.

Ao final, em discurso racista e homofóbico, Tupirani afirma: “é isso ai mesmo, a igreja de Jesus Cristo não levanta a placa de filho da puta de negro nenhum. Não levanta a placa de filho da puta de político e não levanta a placa de filho da puta de viado. A igreja de Jesus Cristo só levanta sua própria placa, porra. Malditos sejam vocês desse prostíbulo, dessa boate de merda”, encerra.

 

Revista Fórum

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *