Cria
Home Destaque Morre o jornalista esportivo Lauthenay Perdigão aos 86 anos

Morre o jornalista esportivo Lauthenay Perdigão aos 86 anos

Morre o jornalista esportivo Lauthenay Perdigão aos 86 anos
0
0

Morreu nesta terça-feira (17) o historiador e jornalista Lauthenay Perdigão. Ele tinha 86 anos e estava internado desde a última quinta-feira (12) na Santa Casa de Misericórdia de Maceió. De acordo com a família, a causa da morte pode ter sido os problemas cardíacos que ele enfrentava, mas o laudo médico ainda não foi disponibilizado. O falecimento ocorreu por volta das 15 horas.

Lauthenay Perdigão escreveu cinco livros, fundou um dos maiores museus da história do futebol de Alagoas e do Brasil. Sozinho, Perdigão manteve uma das principais salas do Museu dos Esportes Edvaldo Alves Santa Rosa (Dida), situado no Estádio Rei Pelé,. Além disso, sempre foi conhecido por promover projetos esportivos e campeonatos de futebol voltados para mudança da realidade por meio do esporte durante décadas.

“Seu Lau”, como era carinhosamente chamado, construiu uma história de lutas, glórias reais e paixão pela bola desde a juventude, quando jogava peladas e até foi campeão juvenil pelo Centro Sportivo Alagoano (CSA).

Também colaborou com os jornais Gazeta de Alagoas, Jornal de Alagoas, Gazeta Esportiva de Alagoas, além da TV Alagoas. Paralelamente, fez carreira como bancário até aposentar-se. Perdigão jogou na posição de atacante pelo CSA, em 1951 a 1953. E foi tricampeão alagoano de aspirantes pelo Azulão.

Ele, inclusive, teve sua biografia lançada no dia 7 de novembro de 2019, no Arquivo Público, durante a 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, em Jaraguá. O livro foi escrito pelos jornalistas Mário Lima e Wellington Santos.

O sepultamento acontecerá nesta quarta-feira (17), na capela 03 do Campo Santo Parque das Flores, às 11h.

Redação com gazetaweb

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *