Cria
Home Destaque Inaugurada hoje pelo governo, UPA Cidade Universitária abre as portas nesta terça (21)

Inaugurada hoje pelo governo, UPA Cidade Universitária abre as portas nesta terça (21)

Inaugurada hoje pelo governo, UPA  Cidade Universitária abre as portas nesta terça (21)
0
0

A rede pública estadual de Saúde expande a atenção básica ao maceioense com a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento – UPA Cidade Universitária, no Conjunto Santa Maria, parte alta de Maceió. Entregue nesta segunda-feira (20) pelo governador de Alagoas, Renan Filho, e pelo secretário da Saúde, Alexandre Ayres, a UPA é a 5ª unidade construída com recursos próprios do Governo do Estado apenas na capital alagoana, e abrirá as portas para atendimento à população já nesta terça-feira (21).

Erguida com a aplicação de R$ 6,4 milhões, a unidade – junto às outras quatro UPAs de Maceió e aos cinco hospitais já entregues pelo Governo do Estado – integra o maior conjunto de investimentos em saúde pública da história de Alagoas. A nova UPA gerará cerca de 350 empregos e terá capacidade para atender 10.500 usuários por mês.

Mas a saúde nem sempre foi assim em Alagoas. Para o governador Renan Filho, o Estado se reinventa nesse momento de dificuldades no Brasil e entrega muitos equipamentos importantes, que contrastam com o cenário precário de um passado recente. “Quando assumi o Governo do Estado, infelizmente, Maceió era a única capital do Brasil que não tinha nenhuma UPA funcionando. Entregamos quatro e esta é a quinta, tendo mais duas com obras em andamento”, afirmou.

“Essas Unidades de Pronto Atendimento vão ajudar muitos cidadãos, pois cada uma delas tem condição de atender 350 pessoas por dia. E atendem, porque as pessoas precisam. Vão vir 300 pessoas todos os dias, o que dá cerca de 10 mil pessoas por UPA no mês. Assim, com sete unidades, teremos a capacidade de atender por mês 70 mil alagoanos, chegando muito perto de 1 milhão de alagoanos atendidos por ano”, projetou o governador.

De portas abertas nesta terça-feira (21), às 7h, a UPA atenderá a população da região do bairro Cidade Universitária, que chega a 100 mil moradores. “Essa UPA chegou em um momento importante: após a ampliação da nossa rede hospitalar na capital e interior. A gente tem voltado os olhos para o fortalecimento e as melhorias do nosso Hospital Geral do Estado, e não é justo que o cidadão que more no Santa Maria, que tenha um pico hipertensivo durante a noite, precise pegar dinheiro emprestado para descer até o HGE para estabilizar a sua hipertensão. A partir de agora, esse cenário mudou”, reforçou o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres.

Referência em clínica geral, ortopedia, pediatria e odontologia, a UPA Cidade Universitária é do tipo III. Ela terá 19 leitos, sendo 15 de observação e quatro de urgência, e vai contar com serviço de classificação de risco, consultórios, sala de gesso, laboratório, exames de Raios-X, eletrocardiograma e sala de nebulização.

Na contramão da crise – Segundo o governador Renan Filho, no Brasil existem 100 UPAs construídas com recursos do Governo Federal e que estão fechadas.  “Os municípios e os Estados não têm dinheiro para abrir as UPAs, para contratar profissionais. Manter essa UPA aberta custa, por mês, 1 milhão e 200 mil reais”, afirmou, explicando que das cinco UPAs já entregues em Maceió, três ficaram com a administração direta pelo Governo do Estado.

Outras duas UPAs estão sendo construídas na capital, nos bairros Jaraguá e Chã da Jaqueira, e terceira está sendo erguida em Arapiraca, além de mais cinco hospitais. Até 2022, Alagoas terá dez novos hospitais estaduais de grande porte.

ASCOM GOVERNO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *