Cria
Home Geral Acidente Santanense que atropelou e matou motociclista na Jatiúca tem prisão preventiva decreta

Santanense que atropelou e matou motociclista na Jatiúca tem prisão preventiva decreta

Santanense que atropelou e matou motociclista na Jatiúca tem prisão preventiva decreta
0
0

O santanense que atropelou e matou um motociclista no sábado(16), na Jatiúca, teve a  prisão preventiva decreta.

 

O motorista preso em flagrante, e embriagado, no último sábado (16), após atropelar e matar um motociclista na Avenida Amélia Rosa, no bairro Jatiúca, em Maceió, teve a prisão preventiva decretada, nesta segunda-feira (18). A decisão foi do juiz Jamil Amil Albuquerque de Hollanda Farias.

Em sua decisão, o magistrado entendeu que o fato do motorista, identificado como Thales Guilherme Vicente Pinheiro Santos, 34 anos, ter ingerido deliberadamente bebida alcoólica antes de viajar para de Maceió para o Sertão de Alagoas, onde reside, caracteriza o dolo eventual.

O juiz Jamil Amil também considerou o fato de que Thales já foi autuado no passado por embriaguez ao volante, em Santana do Ipanema, cidade em que ele mora.

“Diante dos autos indicarem a ingestão deliberada de bebida alcoólica, e, com isso, a configuração do dolo eventual, principalmente quando este iria se deslocar a outro município”, diz trecho da decisão judicial.

De acordo com informações da Polícia Militar, Thales estava embriagado quando a guarnição chegou ao local do acidente, na madrugada do sábado (16).

A vítima, o motociclista Cícero José da Silva, 39 anos, foi arremessada da moto, que pegou fogo e ficou destruída pelas chamas, após ter sido atingida pelo veículo modelo Toyota Corolla, de cor branca e placa QLC6E18, conduzido por Thales Guilherme.

Cícero José sofreu um traumatismo encefálico grave e uma fratura exposta na perna direita, segundo informou o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL). Ele encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos.

O motorista do carro apresentava sinais de embriaguez, foi preso em flagrante e levado para a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, onde foi autuado por homicídio culposo. A prisão que era temporária, foi convertida para preventiva nesta segunda-feira (18).

 

Redação

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *