Cria
Home Geral Brasil Deputados bolsonaristas e ex-bolsonarista quebram o pau no WhatsApp

Deputados bolsonaristas e ex-bolsonarista quebram o pau no WhatsApp

Deputados bolsonaristas e ex-bolsonarista quebram o pau no WhatsApp
0
0

Carla Zambelli, Fausto Pinato e Guiga Peixoto trocaram acusações e discutiram por quase uma hora no grupo da bancada de parlamentares de SP

A noite foi agitada no grupo de WhatsApp dos deputados federais eleitos por São Paulo. Fausto Pinato, que apesar de ser do PP se tornou um crítico ao governo Bolsonaro, se envolveu numa briga de quase uma hora com Carla Zambelli e Guiga Peixoto, dois aguerridos defensores do bolsonarismo.

Pinato e Guiga se estranharam durante a tarde. O deputado Alexandre Leite chegou a pedir bom senso aos colegas, mas Pinato incendiou o grupo às 21h35, após responder a uma mensagem de Guiga que fazia referência às denúncias de corrupção da época em que aliados do parlamentar do PP administraram a Ceagesp.

Entre outros despautérios, Pinato chamou Guiga de “bosta” e disse que “o caso de vocês é para hospício ou cadeia”. Zambelli entrou na discussão dizendo que Pinato não sabia argumentar e que só queria abaixar o nível da conversa. “Vai você também tomar rivotril”, respondeu Pinato. “Não sou eu que costumo tomar esse tipo de remédio aqui na bancada”, devolveu Zambelli.

A discussão continuou. Zambelli disse que Pinato defendia “as arbitrariedades do Alexandre de Moraes contra os bolsonaristas”. Pinato insinuou que havia irregularidades na Secretaria de Esportes e no BNDES. Os três fizeram ameaças de que levariam a briga a outro nível.

“Morrendo de medo. Não vai chamar o papai”, escreveu Guiga, em alusão à condenação de Edilberto Pinato, pai do deputado, por homicídio. Pinato rebateu. “Aqui não é Marielle Franco. Estou pronto. Estou desafiando todos vocês.”

Zambelli não entendeu. “Não tenho medo de milícia, seja virtual ou armada”, disse Pinato. Em seguida, o deputado tripudiou, chamando Guiga de “gago”.

A turma do “deixa disso”, liderada por Marco Feliciano e Orlando Silva, entrou em ação para serenar os ânimos, mas Zambelli ainda arrumou tempo para criticar o Partido Comunista Chinês e sugerir que havia algo de suspeito entre a China e o surgimento da Covid-19. Pinato preside a Frente Parlamentar Brasil-China na Câmara.

A discussão terminou às 22h13 com uma figurinha postada por Baleia Rossi. “Tretas hoje funcionando normalmente. Expediente: 9h – 20h”, dizia a brincadeira do emedebista.]

 

metropoles

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *