Cria
Home Geral Arapiraca Servidores da Educação protestam contra o prefeito em Arapiraca

Servidores da Educação protestam contra o prefeito em Arapiraca

Servidores da Educação protestam contra o prefeito em Arapiraca
0
0

O prefeito Luciano Barbosa, não recebe a categoria.

 

Professores e demais profissionais da Educação de Arapiraca realizaram, na manhã desta sexta-feira, 19, um protesto dentro da Prefeitura de Arapiraca. Segundo os servidores, o protesto ocorrerá até eles serem atendidos pelo Prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa.

“A mobilização dos trabalhadores reivindica uma reunião com o prefeito, para que possamos tratar de uma pauta que já vem há um ano em discussão. Quanto a questão de pelo menos esse ano a gente conseguir o IPC do ano de 2020 e proporcional de 2021. Já que está comprovado que essa verba existe, através do Fundeb”, explicou o diretor do Sinteal, André Luiz.

Conforme os servidores, foi repassado para eles que o prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa, só estará na Prefeitura às 15 horas desta sexta-feira, 19, porém eles só sairão do local após uma reunião com o gestor municipal.

“Estamos cobrando da gestão municipal uma revisão das nossas carreiras. Importante esclarecer para toda sociedade arapiraquense que não se trata de uma reivindicação de aumento salarial, e sim de uma recomposição de tabela. Temos um piso nacional, uma legislação federal, que serve de parâmetro para valorização e vencimento dos trabalhadores da educação, que a Prefeitura de Arapiraca, hoje, tem uma defasagem com essa categoria”, explicou Paulo Henrique, presidente Regional do Sinteal.

“Existe recurso em caixa, não é o sindicato que está falando, é a própria equipe financeira, a própria Prefeitura Municipal que reconhece que tem recurso. E a gente não entende porque não é aberto um diálogo, para que a gente possa construir e solicitar e pagar essa dívida que a gestão municipal tem com os trabalhadores da educação”, completou Paulo Henrique.

O Portal Já É Notícia tentou contato com a Assessoria da Prefeitura de Arapiraca, mas até o momento não obteve retorno sobre o caso.

Assista:

jaenoticia

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *