Cria
Home Geral Brasil Motoristas de todo o país devem ficar livres do DPVAT também em 2022

Motoristas de todo o país devem ficar livres do DPVAT também em 2022

Motoristas de todo o país devem ficar livres do DPVAT também em 2022
0
0

 

É possível que motoristas de todo o país sejam dispensados do pagamento do seguro de Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT) em 2022, a exemplo do que aconteceu neste ano, já que a Superintendência de Seguros Privados (Susep) aprovou a não cobrança no fim do mês passado. A decisão final, porém, depende do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), que deverá fazer uma reunião ainda neste mês para discutir o assunto.

A isenção está sendo proposta por haver recursos excedentes suficientes para arcar com a cobertura do seguro no próximo ano, acumulados por meio de prêmios pagos pelos próprios proprietários de veículos em anos anteriores.

Em 2021, já não houve cobrança, a fim de consumir o dinheiro do fundo gerido pelo consórcio que era liderado pela Seguradora Líder, extinto após ser alvo de denúncias de irregularidades. Sem novas arrecadações, a tendência é que esses recursos sejam consumidos com o pagamento das indenizações por acidentes de trânsito ao longo do tempo.

Entenda como funciona o seguro

Instituído por lei desde 1974, o seguro DPVAT cobre morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares (DAMS) por lesões causadas em acidentes de trânsitono Brasil. A indenização máxima é no valor de R$ 13.500.

Vítimas e seus herdeiros, no caso de morte, têm um prazo de três anos após o acidente para dar entrada no seguro. Na sede do Detran-RJ (Avenida Presidente Vargas 817, no Centro do Rio), há um núcleo de profissionais treinados para orientar o cidadão e ajudá-lo a encaminhar a documentação à seguradora.

extra.globo

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *