No Banner to display

Home Destaque “Aldo Rebelo é um fascista de esquerda”, diz presidente do PSOL que deve ser candidato ao Senado

“Aldo Rebelo é um fascista de esquerda”, diz presidente do PSOL que deve ser candidato ao Senado

“Aldo Rebelo é um fascista de esquerda”, diz presidente do PSOL que deve ser candidato ao Senado
0
0

A disputa entre os dois está apenas começando. Rebelo também deve ser candidato ao Senado por São Paulo, ao lado de Ciro Gomes

O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, que pode vir a ser o candidato ao senado pelo partido em São Paulo, disse que o ex-ministro da Defesa Aldo Rebelo é um “fascista de esquerda”.

Medeiros fez o comentário nas redes sociais, em resposta a um usuário que citou Rebelo como uma candidatura da esquerda ao Senado.

“Datena, Skaf, Janaína Paschoal e agora um jornalista da Jovem Pan [José Carlos Bernardi, demitido da emissora em 2021] que defende o extermínio de judeus. Esses são os pré-candidatos ao Senado em SP. É hora da esquerda apresentar uma alternativa e derrotar os novos e velhos bolsonaristas que disputam essa vaga. SP merece mais!”, escreveu o dirigente do PSOL.

https://twitter.com/RBellaMartinez/status/1516202192360853509?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1516393946678710272%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es2_&ref_url=https%3A%2F%2Fd-941331187195315112.ampproject.net%2F2203281422000%2Fframe.html

Juliano Medeiros ainda afirmou à coluna de Mônica Bergamo: “Ele é contra a luta de mulheres, negros e negras, LGBTs. O centro de sua agenda é ultranacionalista, contra o direito de indígenas. É alinhado com a política externa bolsonarista. Esse cara é um horror”, diz.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *