No Banner to display

Home Geral Brasil INQUÉRITO DAS FAKE NEWS Investigação contra Carlos Bolsonaro teria despertado ira de Bolsonaro contra Moraes, diz jornalista

INQUÉRITO DAS FAKE NEWS Investigação contra Carlos Bolsonaro teria despertado ira de Bolsonaro contra Moraes, diz jornalista

INQUÉRITO DAS FAKE NEWS Investigação contra Carlos Bolsonaro teria despertado ira de Bolsonaro contra Moraes, diz jornalista
0
0

Jair Bolsonaro, segundo um auxiliar, usa “informação de inteligência” para guiar suas ações contra o STF. O relator do inquérito das fake news, o ministro Alexandre Moraes negou a existência de uma ação da PF contra o filho do presidente

Jair Bolsonaro, segundo um auxiliar, usa “informação de inteligência” para guiar suas ações contra o STF. O que motivou a investida contra Alexandre de Moraes nesta semana foi mais um desses “informes da rede de informantes do presidente.

De acordo com o jornalista Robson Bonin, da revista Veja, a turma teria identificado uma “nova ameaça” de operação da Polícia Federal contra Carlos Bolsonaro. Relator do inquérito das fake news no STF, o ministro Alexandre Moraes chegou a ser questionado, nesta semana, por interlocutores do Supremo sobre o risco de uma ação contra Carluxo, no entanto negou a informação.

Na terça-feira (17) Bolsonaro apresentou a notícia-crime – rejeitada pelo ministro Dias Toffoli, da mesma Corte –  alegando suposto abuso de autoridade por parte de Moraes. O presidente da República argumentou que o chamado inquérito das fake news, no qual é investigado, não se justifica.

“Considerando-se que os fatos narrados na inicial evidentemente não constituem crime e que não há justa causa para o prosseguimento do feito, nego seguimento”, escreveu Toffoli na decisão.

A ação impetrada por Bolsonaro tem o objetivo de apurar, segundo o presidente, cinco aspectos da conduta, na visão do líder extremista, tomada por Moraes contra ele, que seriam a duração não razoável da investigação, a negativa de acesso aos autos, a prestação informação inverídica sobre procedimento, a exigência de cumprimento de obrigação sem amparo legal e a instauração de inquérito sem justa causa.

Bolsonaro e Moraes, há tempos, vivem em constante clima beligerante. O presidente assumiu uma postura de ataques frequentes ao ministro e ambos vivem trocando farpas.

revista forum

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *