AGUA 18/06
Home Destaque Sesau inicia Capacitação sobre Prática e Manejo da Hanseníase nos municípios da VIII Região de Saúde

Sesau inicia Capacitação sobre Prática e Manejo da Hanseníase nos municípios da VIII Região de Saúde

Sesau inicia Capacitação sobre Prática e Manejo da Hanseníase nos municípios da VIII Região de Saúde
0
0

Iniciativa será na cidade sede de Palmeira dos Índios e será concluída no próximo dia 14 deste mês

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) iniciou, nesta quarta-feira (7), a nova etapa da capacitação prática sobre “Diagnóstico Precoce e Manejo Clínico da Hanseníase”. A ação tem como público-alvo os técnicos da Atenção Primária que atuam nos municípios da VIII Região de Saúde de Alagoas, composta por Minador do Negrão, Cacimbinhas, Estrela de Alagoas, Tanque d’Arca, Belém, Igaci, Maribondo, além de Palmeira dos Índios, onde o treinamento está sendo realizado.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Hanseníase, enfermeira Itanielly Queiroz, explicou que a hanseníase é uma doença crônica, infecciosa e contagiosa, causada pela bactéria Mycobacterium leprae. “A capacitação busca preparar os profissionais para a identificação e tratamento dos pacientes com hanseníase. Como a doença é altamente contagiosa e carrega consigo um grande estigma social, é importante que a área de saúde saiba acolher esses pacientes e possa tratá-los com eficiência e humanização”, explicou.

Itanielly Queiroz explicou que a hanseníase é uma doença infecciosa que acomete nervos e pele. “Ela é transmitida pelas vias aéreas superiores, no caso das pessoas que convivem com pacientes na forma avançada da doença, conhecida como multibacilar, que não estão em tratamento. A transmissão é interrompida com 72 horas após a primeira dose supervisionada do tratamento, que dura de seis a doze meses”, ensinou.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Hanseníase lembrou, ainda, que o tratamento é completamente assegurado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Os remédios são distribuídos exclusivamente pela Rede Pública de Saúde e não podem ser adquiridos em farmácias. Por isso, é essencial que as pessoas procurem o atendimento médico de forma regular”, ressaltou.

A capacitação, que conta com módulos teóricos e práticos, será concluída no dia 14 de junho. Posteriormente, serão capacitados os técnicos da Atenção Primária da IX e X Regiões de Saúde de Alagoas, que ainda não passaram pelo treinamento, o que deve ocorrer até o próximo dia 16 de agosto.

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, com o ciclo de capacitações, a Sesau presta assistência técnica aos municípios, cumprindo o seu papel de combater a hanseníase. “Com o fechamento do ciclo de capacitações, Alagoas está ainda mais apta a cuidar dos seus pacientes de hanseníase, adotando todos os princípios técnicos e garantindo o fim do ciclo de contágio e tratamento adequado para todos”, assegurou o gestor da saúde estadual.

Ascom Sesau

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *